Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Fotoproteção

Protetor solar da arnica

Como outras plantas, a arnica resiste aos ambientes mais tórridos do cerrado. Mas como, exatamente, resiste ao sol? Com essa pergunta, Denise Brentan da Silva, Norberto Peporine Lopes e outros pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto examinaram folhas de arnicas-da-serra (Lychnophora sp) coletadas em quatro lugares diferentes de Goiás, Minas Gerais e Bahia e encontraram um acúmulo de um flavonoide chamado vicenina-2 (Scientific Reports, abril). Já se sabia que esse composto apresenta propriedades anti-inflamatórias. Agora, por meio de imagens por espectrometria de massa, a equipe da USP verificou que a vicenina-2, diferentemente de outros flavonoides (já foram identificados cerca de 5 mil nas plantas), acumula-se em abundância na superfície (epitélio) das folhas. A localização e as propriedades de absorção de radiaçã0 ultravioleta sugeriram que esse composto poderia proteger as plantas – ou ao menos a arnica – contra os efeitos danosos da radiação solar. “Provavelmente esta é a primeira prova da formação de uma barreira fotoprotetora em plantas com a localização específica de uma substância em um tecido”, comentou Lopes. Evidentemente, agora é necessário saber se esse ou outros compostos apresentam comportamento semelhante em outras espécies.

Republicar