Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Boas práticas

Retratação com crítica explícita

Quando uma revista anuncia a retratação de um artigo científico, é comum que informe o que há de errado no trabalho sem emitir juízos de valor sobre o comportamento dos autores. Já o Brain Research Bulletin, periódico de neurociência vinculado à editora Elsevier, decidiu ser explícito e didático ao anunciar o cancelamento de um artigo publicado em 2017 sobre um efeito do hormônio eritropoietina em ratos. Os responsáveis pelo paper, três anestesiologistas do Hospital Central de Cangzhou, na China, reproduziram parte do conteúdo do artigo em publicações de outros três periódicos no ano de 2017. “Publicações redundantes comprometem a integridade da literatura científica”, informa a nota de retratação. “Elas sobrevalorizam a importância relativa de descobertas publicadas e distorcem o histórico acadêmico dos autores”, completa. O neurobiólogo molecular Andres Buonanno, editor-chefe do Brain Research Bulletin, explicou ao serviço de notícias Retraction Watch que a redação da nota procurou propositalmente enfatizar o impacto da má conduta científica, quando se constatou que os autores haviam burlado as regras e enganado a publicação. “Nós continuaremos a usar esse tipo de linguagem quando estiver claro que os autores agiram de má-fé”, afirmou Buonanno, que é pesquisador dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos.

Republicar