guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Neurociência

Robô usa o cérebro

LAURABEATRIZUm pequeno robô poderá ajudar, no futuro, os cientistas a entender melhor como nosso cérebro funciona. A particularidade do artefato, criado por pesquisadores da Universidade de Reading, na Inglaterra, é que ele possui um cérebro biológico artificial. No lugar do tradicional “cérebro eletrônico”, formado por um programa rodado em um microprocessador, a engenhoca possui um conjunto de neurônios de rato cultivados em laboratório e colocados sobre uma rede de eletrodos. No formato de um disco, o robô tem 60 eletrodos que coletam os sinais gerados pelos neurônios. Toda vez que o robô se aproxima de um objeto, sensores enviam sinais por meio dos eletrodos aos neurônios.Em resposta, cérebro artificial comanda as rodas da máquina, fazendo-as girar para esquerda ou direita para evitar a colisão.

Republicar