Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Satélite rastreado

A Estação de Satélites Científicos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) localizada em Alcântara (MA), está recebendo dados do satélite francês Corot, lançado em 27 de dezembro. O Inpe faz parte da rede internacional de estações de recepção Corot e rastreia o artefato a cada 12 horas. A participação do Brasil no projeto decorre da assinatura de um acordo entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais da França (Cnes). O satélite Corot é dedicado à busca de exoplanetas, planetas fora do sistema solar, e à sismologia estelar – estudo da estrutura estelar e de sua evolução. O satélite, que tem três anos de vida útil prevista, busca detectar planetas rochosos do tamanho da Terra.

Republicar