guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Secagem com chaminé solar

Pesquisadores mineiros começaram a testar a chaminé solar, que tradicionalmente funciona como usina de produção de energia elétrica, para secar alimentos como café, tomate, banana, uva, maçã e abacaxi. O protótipo da chaminé, com 12 metros de altura e 25 de diâmetro em sua base, foi construído por Cristiana Santiago e André Ferreira, alunos de doutorado em engenharia mecânica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Os principais beneficiados pela novidade serão os pequenos agricultores, que normalmente não usam nenhum tipo de secador e por isso têm grandes perdas de alimentos. Segundo o coordenador do projeto, Márcio Fonte-Boa Cortez, as medidas ainda não são definitivas, uma vez que há carência de dados detalhados de temperatura, umidade e velocidade de secagem para cada tipo de alimento.

“Partimos de idéias teóricas, portanto matemáticas, para estabelecer as medidas adequadas”, diz Fonte-Boa Cortez. A construção do protótipo custou R$ 13 mil, financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig).

Republicar