Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Simulador na academia

Um simulador que reproduz a força do manche da aeronave T-27 Tucano, da Embraer, foi desenvolvido na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da Universidade de São Paulo. O equipamento está instalado na Academia da Força Aérea (AFA) em Pirassununga, sede da Esquadrilha da Fumaça, que utiliza esse tipo de avião. Durante as acrobacias aéreas com essas aeronaves, os pilotos e o avião são submetidos ao aumento da força gravitacional em até cinco vezes em relação ao vôo reto nivelado. “O simulador serve de instrução para cadetes do quarto ano e para os pilotos, que podem usá-lo para treinamento e para melhorar a condição física que terão que suportar em vôo durante as apresentações”, diz o educador físico Thiago Augusto Rochetti Bezerra, pesquisador da FMRP. O equipamento será usado também para medir a força de cada piloto e, se for o caso, indicar um treinamento individualizado com o objetivo de diminuir os riscos de lesões musculares. “Fizemos a validação do equipamento na própria AFA e depositamos uma patente”, diz o professor Antônio Carlos Shimano, que, para a pesquisa, teve financiamento da FAPESP por meio de um Auxílio Regular a Projeto de Pesquisa, no valor de R$ 24.740,00 e US$ 700,00.

Republicar