guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Biodiversidade

SOS Primatas

IAN REDMOND/UNEP Gorilas no Congo: mais animais do que se imaginavaIAN REDMOND/UNEP

Um congresso da Sociedade Internacional de Primatologia, realizado no mês passado em Edimburgo, na Escócia, atualizou o panorama mundial dos primatas ameaçados de extinção. A metade das 634 espécies ou subespécies vive o risco de desaparecer na próxima década, sendo que 70% delas habitam a Ásia. Segundo a revista Nature, o Camboja, o Vietnã e a Indonésia são os países em situação mais dramática, com mais de 70% dos primatas ameaçados. A melhor notícia do congresso veio de um país africano, o Congo, onde uma subespécie do gorila-do-ocidente classificada como ameaçada teve sua população reestimada em 225 mil animais, diante de menos de 100 mil de um censo anterior. A reavaliação desmanchou uma especulação de que a subespécie estaria ainda mais reduzida devido a um surto do vírus Ebola na região em que vivem. A boa situação dos gorilas do Congo foi atribuída ao sucesso no gerenciamento de áreas protegidas, que têm fartura de alimentos e estão em lugares de acesso difícil.

Republicar