Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tamanho GG

Tamanho GG

STEVEHDC / WIKIMEDIA COMMONSBebês chimpanzés: proporcionalmente menoresSTEVEHDC / WIKIMEDIA COMMONS

Os bebês humanos são proporcionalmente maiores que os dos outros primatas. Ao nascer, uma criança tem 6% do peso da mãe, enquanto os filhotes de macacos do Velho Mundo, entre eles os chimpanzés, 3%. Se a relação entre o peso de filhos e de mães que vale para outros grandes primatas tivesse sido preservada ao longo da evolução, os recém-nascidos humanos deveriam ter, em média, 2 quilos – e não 3. Com base em registros paleontológicos, calculava-se que os bebês grandes só tivessem surgido entre os hominídeos mais modernos, como o Homo erectus, que viveu entre 1,7 milhão e 200 mil anos atrás. Jeremy de Silva, da Universidade de Boston,  Estados Unidos, tem indícios de que a história foi outra (PNAS, janeiro). Ele usou medidas do crânio de várias espécies de hominídeos para estimar o peso de recém-nascidos e verificou que bem antes, há 3 milhões de anos, fêmeas de Australopithecus já poderiam ter parido bebês grandes. Como carregar filhos tão pesados consome mais energia e exige equilíbrio, dificultando a vida nas árvores, essa característica, sugere Silva, pode ter contribuído para consolidar o bipedalismo dos hominídeos.

Republicar