guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Tanzânia toma fôlego

O governo da Tanzânia antecipou para este ano a meta de investir 1% do PIB em ciência e tecnologia, seis anos antes do previsto. Os gastos com pesquisa no ano fiscal de 2009-2010 devem atingir US$ 235 milhões e serão destinados ao treinamento de pesquisadores, à recuperação de laboratórios e à transferência de tecnologia para o setor produtivo. “Com esses recursos, poderemos fazer bem mais do que pagar salários e despesas”, disse à agência SciDev.Net Hassan Mshinda, diretor-geral da Comissão para Ciência e Tecnologia da Tanzânia.

Republicar