guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tomates indefesos

Tomates indefesos

Eduardo CesarTomates: gases incapazes de espantar ácarosEduardo Cesar

Os tomateiros liberam dois compostos químicos – os ácidos salicílico e jasmônico – que servem para repelir insetos e microrganismos que se alimentam de plantas. Mas um inseto, o ácaro-vermelho Tetranychus evansi, consegue sobrepor-se a essas defesas. Pesquisadores da Universidade Federal de Tocantins (UFT), de Viçosa e de Amsterdã (UvA), Holanda, verificaram que esse ácaro pode interferir nos mecanismos de produção desses dois compostos de defesa, reduzindo-os bastante (Ecology Letters, março de 2011). Renato de Almeida Sarmento, da UFT, sob a orientação de Angelo Pallini, da UFV, e de Arne Janssen, de Amsterdã, observou que as plantas ocupadas pelos ácaros se tornaram melhores fontes de alimento e mais atrativas que as que não sofreram ataques desses insetos. O Tetranychus evansi e uma espécie próxima, o T. urticae, podem eventualmente matar tomateiros, não só por consumi-los com avidez, mas também por causa de sua rápida proliferação. Antes restritos à América do Sul, hoje podem  ser encontrados em plantações também da África e Europa, reduzindo a produção de tomates, já que não pode ser combatido por meio de predadores naturais.

Republicar