guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Tecnociência

Um ano um pouco mais longo

O ano que passou foi o ano bissexto mais longo desde 1992. Durou um segundo a mais, o tempo de um suspiro ou uma piscada de olho mais longa. O Serviço Internacional de Rotação da Terra e Sistemas de Referência (IERS, na sigla em inglês) acrescentou um segundo a mais ao último minuto de 2008 para ajustar a medição de tempo feita por relógios atômicos ao sutil aumento na duração dos dias causado pela diminuição da velocidade com que a Terra gira ao redor de seu próprio eixo. A rotação do planeta pode sofrer pequenas variações em consequência da relação entre a atração gravitacional exercida pelo Sol e pela Lua e a movimentação das camadas mais internas da Terra. A correção do tempo é importante, por exemplo, para coordenar sistemas de orientação como o GPS. Foi a 24ª vez que se corrigiram os relógios desde 1972.

Republish