guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Nanotubos de carbono

Uma Antena de nanotubos

Uma levíssima fiação de na­­­notubos de carbono, com apenas 25 micrômetros de diâmetro, mostrou em testes que pode substituir com eficiência as antenas de cobre comuns em várias aplicações eletrônicas. Acoplada a uma fita adesiva, a nanoantena foi testada pelos pesquisadores da Universidade de Cincinatti, nos Estados Unidos, na transmissão de sinais de rádio de uma estação local e em um telefone celular. Ela poderá ser usada para transmitir dados em equipamentos superminiaturizados, como implantes médicos, e em etiquetas inteligentes, e também em atividades aeroespaciais. A antena de nanotubos funciona bem porque os elétrons estão sempre tentando ir para a superfície do material por onde transitam. Como os nanotubos são ocos, a área superficial disponível para os elétrons fica ainda maior.

Republicar