guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Rede ANSP

Uma expansão acelerada na taxa de uso do novo canal

O novo canal internacional de 2 megabites da Rede ANSP (Academic Network at São Paulo), começou a apresentar uma taxa global média de utilização de 40% a 45% de sua capacidade, mal acabara de ser implementado, no dia 13 de outubro passado. Atualmente, a média diária de uso já tem passado de 50%.No horário entre meio dia e 19 horas, o uso do canal frequentemente chega a atingir 70% de sua capacidade, mas já se registram picos de 90% de uso, com o volume de dados que chegam do Exterior mantendo-se sempre acima do volume de informações que saem do Brasil.

A atual intensidade de transmissão no novo canal, articulada à presente expansão da espinha dorsal estadual (backbone) da rede ANSP -que resulta numa quase contínua expansão do número de pontos da área acadêmica conectados à rede, gerando e buscando mais informações -leva a FAPESP a prever que ele estará bem dimensionado para a demanda somente até meados do próximo ano. Em função disso, a Fundação terá que começar a estudar a instalação de um novo canal de 2 megabites, ou a ampliação da taxa de transmissão do atual.

Republish