guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Uma receita para fabricar telhas

Junte escória de alto-forno siderúrgico, que são os restos da primeira etapa da produção de aço, mais fibras vegetais de bananeira, sisal ou eucalipto. Moa tudo com areia e água, acrescente pitadas de produtos alcalinos como cal e gesso agrícola (um resíduo da indústria de fertilizantes) e coloque tudo em fôrmas onduladas. Esses são os ingredientes da receita para fazer telhas da equipe do professor Holmer Savastano Júnior, do grupo de Construções Rurais e Ambiência do Departamento de Zootecnia da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP, de Pirassununga.

O projeto Sistemas de Cobertura para Construções de Baixo Custo: Uso de Fibras Vegetais e de Outros Resíduos Agroindustriais tem financiamento da Finep e já produziu 300 unidades que estão em testes finais de conforto térmico e durabilidade. “O uso de matérias-primas diferentes do cimento para a fabricação de telhas torna esses produtos mais baratos e aproveita resíduos que seriam desperdiçados, como a escória de alto-forno que se acumula em grandes montanhas fora das siderúrgicas, sem uso, embora a sua utilização seja conhecida mas pouco empregada pela indústria de telhas.” O projeto tem a colaboração de pesquisadores da Poli-USP, Esalq e Engenharia de São Carlos-USP.

Republicar