Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Energia

Vem aí a gasolina verde

No futuro, se as pesquisas realizadas pela empresa Virent Energy, da cidade de Madison, nos Estados Unidos, derem certo, o abastecimento dos carros poderá contar também com biogasolina ou gasolina verde. Esse combustível resulta da conversão direta de açúcares vegetais em gasolina, sem precisar passar pela fase de refino como no petróleo. O novo combustível tem alto valor energético, o que lhe confere mais eficiência quando comparado à gasolina comum ou à mistura gasolina-etanol. Outro diferencial desse biocombustível feito do açúcar é que ele pode ser obtido a partir de fontes não-alimentares, como resíduos de milho, palha de trigo ou bagaço de cana-de-açúcar. O processo de produção é inovador e prevê a transformação, a partir de manipulações bioquímicas, das moléculas de açúcares em um produto com propriedades similares à gasolina produzida a partir do petróleo. Pesquisas semelhantes também são realizadas por outras empresas e instituições, como a Universidade de Wisconsin e a companhia química Dupont.

Republicar