guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Verde volta ao deserto

As dunas do Saara começam a se tornar verdejantes. Numa região ao sul de Níger, fazendeiros estão outra vez tomando posse do solo arenoso. Árvores Faidherbia albida já fizeram parte da paisagem, mas ao longo dos anos 1970 e 1980 foram gradualmente derrubadas e usadas como lenha (NewScientist, 14 de outubro). Em meados dos anos 1980 elas passaram a ser protegidas por fazendeiros e agora, de acordo com  imagens de satélite, o deserto está recuando – graças às árvores. Não é só reflorestamento: a terra passa a ser cultivável. As árvores são fonte de sombra e matéria orgânica para as plantações e suas folhas e frutos servem de alimento para animais. E a vegetação também aumenta em 10% a 20% as chuvas na região. Chris Reij, da Universidade Livre em Amsterdã (Holanda), pretende ampliar a iniciativa para países vizinhos, como Mali, Senegal e Burkina Fasso.

Republicar