guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Viagem de acasalamento

Um espécime macho do tigre de Amoy, ou tigre-do-sul-da- china, viajou de avião da província chinesa de Jiangsu rumo à África do Sul. Segundo a agência EFE, ele foi acasalar com a tigresa Cathay, que habita a Reserva do Vale dos Tigres, na província de Free State. Depois de cumprir a viagem de 40 horas, o tigre de 140 quilos vai passar um tempo adaptando-se ao novo ambiente, para então ser levado ao encontro da futura parceira. O casamento não vai durar. Espera-se que o casal gere filhotes em 2008 e já está acertada a volta do macho à China depois de cumprida sua missão. Os tigres de Amoy (Panthera tigris amoyensis) chegaram a ser dados como extintos. Sobrou apenas uma dezena de exemplares em liberdade. Cinqüenta anos atrás, havia mais de 4 mil deles no leste da China. O governo de Mao Tsé-tung decidiu exterminá-los pelos danos que causavam à agricultura.

Republicar