Guia Covid-19
Imprimir Republicar

Labocine

Vídeo de Pesquisa FAPESP sobre o eclipse que corroborou teoria de Einstein está disponível em plataforma internacional

O vídeo O eclipse que revolucionou a física, publicado em 2019 no canal de Pesquisa FAPESP, foi selecionado para integrar a edição de dezembro da Labocine, uma iniciativa norte-americana que busca levar filmes científicos para uma ampla audiência. A seleção Science for nanos, voltada para crianças, estará disponível na plataforma on-line até 3 de janeiro. “Estamos celebrando o cinema para toda a família, que desperte imaginação, curiosidade, festividades, invenções, descobertas e um novo recomeço”, diz o cineasta e biólogo franco-venezuelano Alexis Gambis, diretor artístico e fundador da Imagine Science Films, organização criadora da Labocine.

A seleção de dezembro inclui 79 vídeos de 18 países, variando em duração e modalidades, como ficção, documentário e animação. A plataforma, paga, contém mais de 2 mil títulos produzidos em 200 países por artistas, cientistas, cineastas e educadores.

O eclipse que revolucionou a física é uma animação que fala sobre como o fenômeno ocorrido em Sobral, no Ceará, em 1919, ajudou a comprovar a teoria da relatividade do físico alemão Albert Einstein. O vídeo também foi selecionado para o festival organizado pela Imagine Science Films, com base em Nova York, que anualmente reúne vídeos científicos do mundo todo. A edição de 2020 aconteceu em outubro, pela primeira vez unicamente on-line. Além da exibição do vídeo, Pesquisa FAPESP também teve participação em bate-papo entre realizadores de vídeos apresentados na mesma sessão.

Republicar