guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Nasa

Voos privatizados

Virgin Galactic

SpaceShipTwo: desenvolvido para transporte suborbitalVirgin Galactic

O presidente norte-americano, Barack Obama, desistiu dos planos de enviar missões tripuladas à Lua em 2020 e quer delegar à iniciativa privada a tarefa de conduzir tripulantes para a Estação Espacial Internacional. O abandono do programa lunar, que havia consumido US$ 9 bilhões, segue recomendações de um painel de especialistas, que o apontou como excessivamente caro. Já a ideia de desenvolver a exploração comercial do espaço, que custará US$ 6 bilhões em incentivos a empresas nos próximos anos, é justificada pela redução de custos no orçamento da Nasa e pela capacidade de gerar empregos na iniciativa privada. Foguetes suborbitais, como o SpaceShipTwo, da Virgin Galactic, programado para voar em 2011, podem oferecer acesso frequente ao espaço. Outra empresa, a SpaceX, diz que pode produzir em três anos uma cápsula de sete lugares para acoplar em seu foguete Falcon. Ela estima que uma viagem à estação custaria US$ 20 milhões – uma pechincha se comparada aos US$ 50 milhões que os Estados Unidos pagam à Rússia por voo na nave Soyuz. O Congresso norte-americano ainda vai avaliar as decisões de Obama.

Republicar