guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Geologia

Água no lado iluminado da Lua

James Stuby based on NASA image/Wikimedia Commons

Existe água na Lua e não só no interior de crateras escuras situadas próximo aos polos. Usando um observatório de radiação infravermelha montado em um avião, o grupo liderado por Casey Honniball, pesquisadora da Universidade do Havaí, nos Estados Unidos, identificou a assinatura química de moléculas de água em regiões do satélite natural da Terra banhadas pelo Sol, como na cratera Clavius (foto) (Nature Astronomy, 26 de outubro). Missões espaciais lançadas a partir dos anos 1990 já haviam identificado o elemento químico hidrogênio (H) nos polos da Lua, mas não era possível saber se o sinal era de moléculas de água (H2O) ou de outros compostos contendo o radical hidroxila (OH). A concentração encontrada é baixa: 340 gramas para cada metro cúbico de solo lunar (inferior à do Saara). A água pode estar aderida à superfície dos grãos de poeira.

Republish