guia do novo coronavirus
Imprimir Republicar

Pesquisa Brasil

Bioquímico investiga entorpecentes vendidos sob o nome de Ecstasy

Programa veiculado no dia 20 de março de 2015

No estúdio da Rádio USP, o bioquímico e perito criminal José Luiz da Costa, do Núcleo de Toxicologia Forense da Superintendência da Polícia Técnico-Científica de São Paulo, fala sobre um estudo que investiga substâncias ativas presentes em novos entorpecentes vendidos com o nome Ecstasy. Em parceria com o bioquímico Rodrigo Resende, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), ele identificou 20 substâncias ativas diferentes em amostras apreendidas pela polícia nas regiões da Grande São Paulo, Campinas, São José dos Campos, Sorocaba, Ribeirão Preto, Bauru e Presidente Prudente.

Por telefone, o paleontólogo Mário Dantas, do Instituto Multidisciplinar em Saúde da Universidade Federal da Bahia (UFBA), explica como dentes fossilizados de uma preguiça-gigante encontrados no município de Poço Redondo, em Sergipe, indicam que seres humanos podem ter convivido com a megafauna brasileira há mais de 12 mil anos.

Também nesta edição, a pesquisadora Rosa de Fátima Souza, da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara, fala sobre os antigos Grupos Escolares, criados no início da República como um amplo projeto de renovação do ensino paulista.

Programação Musical:
Uma palavra – Chico Buarque
Tecnicolor – Os Mutantes
Pensando em você – Paulinho Moska
Só se não for Brasileiro nessa hora – Ligiana e Marcelo pretto

Apresentação: Marcos de Oliveira e Celso Filho
Gravação e montagem: Beto Alves
Roteiro e produção: Biancamaria Binazzi

[audio: http://revistapesquisa.fapesp.br/wp-content/uploads/2015/03/Pesquisa-100-ecstasy.mp3]

Pesquisa Brasil vai ao ar todas as sextas-feiras às 13:00, pela Rádio USP.
Assine Pesquisa Brasil como podcast!

Baixar o MP3
Veja aqui o arquivo do Pesquisa Brasil

Republicar