guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

flora de montes

Calor muda flora de montes

KROSSBOW / WIKIMEDIA COMMONSFloresta de pinheiros nos Alpes italianos: mais espécies vegetais adaptadas ao calorKROSSBOW / WIKIMEDIA COMMONS

As mudanças climáticas estão alterando gradualmente o tipo de vegetação presente no alto das principais montanhas do Velho Mundo. As plantas mais adaptadas ao frio estão, aos poucos, cedendo o lugar para as mais acostumadas ao calor, num processo denominado termofilização.  A conclusão é de um amplo estudo feito por uma equipe de biólogos de 13 países europeus (Nature Climate Change, 8 janeiro de 2012). Os pequisadores colheram 867 amostras de vegetação retiradas do topo de 60 elevações situadas em 17 regiões montanhosas do continente, como os Alpes, os Pireneus, os Urais e o Cáucaso, em dois momentos distintos, em 2001 e 2008. Em apenas sete anos, 
a proporção de espécies que “gostam de calor” aumentou no pico das montanhas. A alteração é mais evidente justamente nos lugares em que os termômetros mais subiram na década passada, a mais quente desde que se iniciaram os registros sistemáticos de temperaturas.“Os resultados são claramente significativos, não estamos falando de uma só montanha”, diz Ottar Michelsen, da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, um dos autores do trabalho. “Quando tantas montanhas em tantas regiões mostram um efeito, é porque se trata de coisa grande.” Os dados reforçam o receio de que certas espécies dos Alpes correm o risco de desaparecer ou ao menos ter suas áreas de ocorrência diminuídas em razão das mudanças climáticas.

Republish