guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Casulo protetor

TORBEN ESKERODO Darwin Centre: livre de infestaçõesTORBEN ESKEROD

O Museu de História Natural de Londres inaugurou as novas instalações do Darwin Centre, uma construção de aço e vidro que abriga os 34 milhões de tipos de plantas e insetos de seu acervo e na qual os visitantes poderão acompanhar o trabalho de 200 cientistas enquanto catalogam espécies raras. O prédio de oito andares tem a forma de um casulo envolvido por um átrio de vidro, que faz contraste com a arquitetura do prédio principal, onde o museu funciona desde o século XIX. “A ideia é permitir que os visitantes explorem o mundo natural de uma maneira nova e excitante”, disse o diretor do museu, Michael Dixon, segundo a agência BBC. “Trata-se do único local na Grã-Bretanha onde os visitantes podem interagir diariamente com especialistas em ciências naturais.” O casulo, com paredes de 30 centímetros de espessura e colunas de aço que lembram fios de seda, foi idealizado para proteger as coleções do ataque de pestes. A ameaça vem de um inseto conhecido como besouro-de-carpete. O teto e as paredes do casulo ficarão vazios para prevenir infestações escondidas e tanto a temperatura como a umidade serão controladas para garantir a preservação das espécies históricas.

Republicar