Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Cartas | 297

Comentários | 297

Covid-19
Gostaria de parabenizá-los pela clareza da reportagem de capa “Os efeitos da Covid-19” (edição 295). O texto é muito elucidativo e abrangente, ao mesmo tempo que sintetiza de modo acessível pesquisas em frentes muito diversas. Excelente trabalho.
Mariana Barcoto
*
Com o tempo a ciência vai compreendendo melhor a Covid-19. Apenas a lamentar que os danos causados pelos negacionistas acabem atingindo a todos.
Fernando Kokubun

**
Nobel da Paz
Fiquei contente pelo fato de o Prêmio Nobel da Paz ter sido ganho pelo Programa Mundial de Alimentos da ONU, como mostrou o site de Pesquisa FAPESP. O cenário futuro é catastrófico. A produtividade e a disponibilidade das culturas já não são suficientes. Soma-se à falta de qualidade nutricional, o uso irrestrito de fertilizantes e agrotóxicos, o colapso dos serviços ecossistêmicos, os impactos das mudanças climáticas e o crescimento populacional.
Paula Bueno
**
Museu Nacional
Muito interessantes as reportagens sobre o centenário da UFRJ (edição 295). O histórico é bem interessante, particularmente no que tange ao Museu Nacional, fundado em 1818 e incorporado à UFRJ em 1946. Também a ação dos antropólogos brasileiros, atuando em defesa dos povos indígenas ao longo dos anos, chamou a atenção. Essa atuação será um dos pontos de destaque das novas exposições, que serão preparadas com muito diálogo com os respectivos representantes.
Alexander Kellner
**
Luiz Davidovich
Universidade significa integração dos campos de conhecimento e não um amontoado de faculdades (entrevista de Luiz Davidovich, “Por uma convivência maior”, edição 295).
Marcos Santos
**
Vídeos
Cada vez mais a chamada cultura Clóvis cai por terra (“Ocupação humana no México tem mais de 30 mil anos”). E também a arrogância da academia norte-americana, que tanto insistiu em um povoamento mais recente.
Fabius Graco
*
A Amazônia tem uma diversidade imensurável (“Matamatá, uma estranha tartaruga da Amazônia”). Além de todo o potencial terapêutico-farmacêutico, o bioma possui espécies fundamentais para o equilíbrio desse sistema. Todos os ecossistemas mundiais já foram destruídos demais, a lógica deve ser outra, de reconstrução.
Luís Gustavo Cardoso Rabelo

***
Sua opinião é bem-vinda. As mensagens poderão ser resumidas por motivo de espaço e clareza.

Republicar