guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Resenhas

Einstein depois dos 40

O sonho de Einstein – Em busca da teoria do todo | Pietro Greco | Editora da Unicamp, 152 páginas, R$ 36,00

Albert Einstein produziu os trabalhos mais importantes de sua carreira científica, que o tornariam conhecido no mundo todo e inclusive lhe renderiam o Prêmio Nobel, antes dos 40 anos. Em 1905, aos 26, publicou quatro artigos que modificaram profundamente a física em três áreas: tornou consistente a teoria de que a matéria é composta de átomos; propôs a ideia de que a luz se propaga em pacotes (quanta) de energia e que se comporta como onda e partícula; e formulou a teoria da relatividade restrita, que descreve como se movimentam os corpos na ausência de campos gravitacionais. Doze anos mais tarde incorporou o efeito da gravidade à teoria de 1905 e apresentou ao mundo a relatividade geral, que aprimorava as ideias propostas por Isaac Newton três séculos antes e agora era válida para todo o Universo.

Mas o que Einstein fez depois?

Os livros, ensaios e artigos que tratam da vida do mais ilustre cientista do século XX quase nunca dizem. Incomodado com esse silêncio, o químico e jornalista de ciência italiano Pietro Greco decidiu explorar a atividade científica do físico alemão em seus anos de maturidade. Em O sonho de Einstein – Em busca da teoria do todo, Greco parte da última correspondência que Einstein trocou com seu amigo mais próximo, o engenheiro italiano Michele Besso, para mostrar que Einstein nunca deixou de se interessar pela física. Depois de apresentar publicamente a ideia da relatividade geral em 1916, o grande físico passou as últimas três décadas de sua vida tentando chegar a uma teoria que unificasse o campo gravitacional e o eletromagnético, a teoria do todo. A busca de um sistema único que permitisse interpretar e predizer o que acontece tanto no mundo do muito grande quanto no do extremamente pequeno, escreve Greco, dominou a mente de Einstein e quase o atormentou até os últimos dias de sua vida. Greco apresenta de modo acessível e instigante o percurso do físico na busca da teoria final a que nunca conseguiu chegar. Nem ninguém.

Republicar