guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Farmácia marinha na UFRJ

Os pepinos-do-mar e os tunicatos – espécies de búzios pontudos encontrados nas praias – contêm substâncias com princípios ativos contra a trombose e coagulação. A constatação é de um estudo do Laboratório de Tecido Conjuntivo do Hospital da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Os ensaios que indicam essa atividade terapêutica foram realizados em ratos e coelhos. Uma das linhas da pesquisa, coordenada pelo cientista Paulo Mourão, envolve o estudo dos chamados polissacarídeos sulfatados encontrados em invertebrados marinhos. Essas substâncias apresentam potentes ações anticoagulante e antitrombótica.

Republicar