Prêmio CBMM
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Foguete na microgravidade

Sobre o mar do Maranhão, o foguete brasileiro VSB-30 subiu a uma altitude de 242 quilômetros e permaneceu em ambiente de microgravidade por um período de 6,2 minutos no dia 19 de julho, até cair no oceano. Foi o quarto vôo, todos bem-sucedidos, desse foguete desenvolvido pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) em parceria com a Agência Espacial Alemã. Ele foi lançado do Centro de Lançamentos de Alcântara, no Maranhão, e o sucesso não se estendeu à carga que transportava, pertencente ao Programa de Microgravidade da Agência Espacial Brasileira (AEB). Chamada de Operação Cumã II, o VSB-30 levou nove experimentos científicos. Durante a queda, oscilações no sinal de telemetria, via rádio, dificultaram o resgate da carga no mar. Pelo mesmo sistema, foi possível obter dados de experimentos do IAE e do Instituto de Estudos Avançados, da Universidade Estadual de Londrina e da Universidade Federal de Santa Catarina, além de visualização, por câmera instalada dentro do módulo de carga, da propagação de ondas de gel, um estudo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares  e da Universidade de Hohenheim, da Alemanha. Foram prejudicados os experimentos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Centro Universitário da FEI, de São Bernardo do Campo (SP), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e Universidade Federal de Pernambuco.

Republicar