guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Inspeção de dutos: da PUC para o mercado

Em menos de quatro anos de vida, a empresa Pipeway conquistou, com tecnologia nacional, uma importante participação na área de inspeção de oleodutos e de gasodutos. Ficou incubada de 1997 a 1999 na Incubadora de Empresas da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e hoje possui contratos de serviços na Argentina e na Bolívia. Foi escolhida a empresa do ano, em 2000, pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos de Tecnologias Avançadas (Anprotec).

O rascunho da Pipeway começou a ser feito alguns anos antes no Centro de Estudos de Telecomunicações da PUC, onde dois dos três sócios da empresa, os engenheiros José Augusto Pereira da Silva e Jean Pierre Weid, trabalharam como pesquisadores. Eles adquiriram experiência no trabalho conjunto entre a universidade e o Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes). O terceiro sócio é o também engenheiro Nelson Fernandes Pires, um ex-representante de empresas do setor.

O principal equipamento desenvolvido pela Pipeway é o Pig Geométrico, uma ferramenta que percorre o interior das tubulações, com um sensor na ponta, captando dados como amassamentos e corrosões. Um dos clientes da empresa é a Petrobras que detém, junto com a PUC-RJ, royalties sobre o invento.

Republicar