Guia Covid-19
Imprimir Republicar

Coronavírus

Mais dados sobre a hidroxicloroquina

A hipótese de que pacientes com sintomas leves ou moderados da Covid-19 não se beneficiam do uso da hidroxicloroquina é reforçada pelos resultados de uma pesquisa realizada por uma coalizão de 55 hospitais brasileiros, entre eles Albert Einstein e Sírio-Libanês. As 667 pessoas hospitalizadas que participaram do estudo foram divididas em três grupos. O primeiro teve apenas suporte médico; o segundo recebeu também hidroxicloroquina; e o terceiro foi medicado com hidroxicloroquina e o antibiótico azitromicina. Quinze dias depois, cerca de 2/3 dos integrantes de cada grupo tiveram alta sem limitações respiratórias. Também não se observaram diferenças significativas entre os grupos no que concerne a número de óbitos e necessidade de uso de ventilação mecânica. Quem tomou hidroxicloroquina apresentou alterações em exames de eletrocardiograma e função hepática. Os resultados foram publicados ontem no periódico The New England Journal of Medicine

Republicar