Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

covid-19

Mais jovens com ansiedade e depressão

Cottonbro / Pexels A frequência de crianças e adolescentes com sintomas de depressão e ansiedade praticamente dobrou durante a pandemia de Covid-19. A conclusão é de uma meta-análise que avaliou dados de 29 estudos que envolveram 80.879 participantes com até 18 anos de diversos países. De acordo com o trabalho, conduzido pela psicóloga Nicole Racine, da Universidade de Alberta, no Canadá, e colaboradores, uma em cada quatro crianças e adolescentes (precisamente 25,2%) apresenta sinais clínicos de depressão, enquanto uma em cada cinco (20,5%) tem sintomas importantes de ansiedade (JAMA Pediatrics, 9 de agosto). As taxas estimadas no período pré-pandemia eram, respectivamente, de 12,9% e 11,6%. A frequência de sintomas foi mais alta nos estudos que coletaram dados nas fases mais recentes da pandemia e nos indivíduos com mais idade.

Republicar