Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Resenha

Livros

O século perdido: raízes históricas das políticas públicas para a infância no Brasil

Irene Rizzini
Cortez Editora

200 páginas, R$ 28,00

Irene Rizzini se dispõe a traçar a trajetória dos malogros das políticas públicas nacionais referentes ao tratamento da população infanto-juvenil brasileira. O livro traz uma análise da legislação proposta e em vigor nos séculos XIX e XX, dos discursos parlamentares e de fontes diversas, tais como jornais e obras de ficção.

Cortez Editora (11) 3864-0111

 

Revista Estudos Avançados/USP

Instituto de Estudos Avançados
IEA
384 páginas, R$ 27,00

A revista Estudos Avançados traz em seu número 62 o dossiê Nação/nacionalismo. Esta edição aborda os aspectos políticos e econômicos que permeiam o tema e procura retomar e aprofundar questões candentes do contexto internacional de nossos dias. Além de 16 artigos de autores como István Jancsó e Bresser-Pereira, a revista quadrimestral contém uma entrevista sobre economia solidária, com o professor Paul Singer.

Instituto de Estudos Avançados (11) 3091-1675

 

Em nome da América: os corpos da paz no Brasil (1961-1981)

Cecília Azevedo
Alameda Casa Editorial
392 páginas, R$ 56,00

Através da análise de fontes oficiais e privadas, o livro narra a história de voluntários de uma agência de missão assistencialista, criada no governo Kennedy, cujo fim era atuar nas áreas sociais de comunidades pobres da América Latina – consideradas propícias ao avanço da “ameaça comunista” – e assegurar disseminação dos valores da sociedade norte-americana. A autora mostra a importância que esse tipo de ação teve na legitimação das políticas externas dos EUA.

Alameda Casa Editorial (11) 3862-0850

 

Música em debate: perspectivas interdisciplinares

Samuel Araújo, Gaspar Paz, Vicenzo Cambria (orgs.)
Mauad X
256 páginas, R$ 39,00

Desde 2004, o Laboratório de Etnomusicologia da UFRJ vem realizando debates cujo propósito é a tematização da música sob as mais variadas perspectivas. Reunindo pesquisadores dos campos da etnomusicologia, antropologia, gestão cultural e direito, o livro apresenta as intervenções realizadas durante as três primeiras edições do evento e constitui rica contribuição àqueles que se interessam por uma reflexão contemporânea do assunto.

Mauad Editora (21) 3479-7422

 

Pateo do Collegio – Coração de São Paulo

Hernâni Donato
Edições Loyola
276 páginas, R$ 90,00

O jornalista Hernâni Donato faz um relato histórico e fartamente ilustrado dos princi­pais acontecimentos, desde a construção até os dias de hoje, do colégio que é o marco da fundação da cidade de São Paulo. O autor acompanha detalhadamente as transformações e reformas pelas quais passou este monumento que deu origem àquela que viria a ser a maior metrópole do país.

Edições Loyola (11) 6914-1922

 

Crônicas inéditas I, 1920-1931

Manuel Bandeira
Cosac Naify
464 páginas, R$ 65,00

Dando continuidade à obra em prosa do poeta Manuel Bandeira, iniciada com o clássico Crônicas da província do Brasil (2006), o livro reúne 113 crônicas, escritas entre o período de 1920 e 1931, e aborda os mais diversos temas como música, literatura, cinema, arquitetura e política, além do Carnaval e os concursos de miss. Tudo narrado na forma peculiar de Bandeira.

Editora Cosac Naify (11) 3218-1444

 

A vida de José de Alencar

Luís Viana Filho
Editora Unesp/ Edufba
430 páginas, R$ 55,00

O livro de Luís Viana Filho não se debruça sobre a obra literária de José de Alencar, um dos principais autores do romantismo brasileiro, mas sim sobre sua vida. Valendo-se da correspondência do escritor e de materiais fornecidos pelo seu bisneto, a obra traça, além do perfil do Alencar escritor, o perfil do político – como deputado e ministro da Justiça –, a faceta menos estudada do biografado.

Editora Unesp (11) 3242-7171

 

Sexo à moda patriarcal: o feminino e o masculino na obra de Gilberto Freyre

Fátima Quintas
Global Editora
184 páginas, R$ 32,00

Com base na obra freyriana, Fátima Quintas analisa as relações de gênero, em especial o papel das mulheres na vida cotidiana dos engenhos de cana-de-açúcar. Relegadas a segundo plano na historiografia tradicional, nesta obra essas mulheres ressurgem em fragmentos: ora sensuais, ora maternais, mas sempre presentes na construção da sociedade colonial.

Global Editora (11) 3277-7999

 

Espaço público: do urbano ao político

Sérgio Luís Abrahão
Annablume/ FAPESP
194 páginas, R$ 35,00

O livro aborda o processo de contínua ressignificação pelo qual passa o conceito de espaço público urbano. Focando o contexto brasileiro, desde a construção de Brasília à emergência dos movimentos democráticos, o autor recupera algumas das principais vertentes ideológicas que têm em comum a concepção dos espaços públicos urbanos como expressão material dos dilemas políticos e sociais.

Annablume Editora (11) 3812-6764

 

Sete lições sobre as interpretações do Brasil

Bernardo Ricupero
Alameda Casa Editorial
224 páginas, R$ 34,00

“Existe um pensamento político brasileiro?” É com esta pergunta que Ricupero orienta suas incursões às obras dos principais intérpretes da realidade brasileira. Diante da necessidade de conhecer melhor a singularidade do país, o autor se propõe a reexaminar as obras de seis grandes pensadores: Oliveira Vianna, Gilberto Freyre, Sérgio Buarque de Holanda, Caio Prado Jr., Raymundo Faoro e Florestan Fernandes.

Alameda Casa Editorial (11) 3862-0850

 

América Afro-Latina, 1800-2000

George Reid Andrews
EdUFSCar
320 páginas, R$ 36,00

George Reid conta a diáspora africana na América Latina. Cobrindo o período de emancipação até os dias de hoje, o trabalho sintetiza a história das pessoas de descendência africana em cada país latino-americano. Ele examina, ainda, como ocorreram os processos que conduziriam estes povos da escravidão à liberdade e como moldaram e responderam às mudanças políticas, econômicas e culturais em suas sociedades.

EdUFSCar (16) 3351-8137

 

Balmaceda

Joaquim Nabuco
Cosac Naify
272 páginas, R$ 47,00

Joaquim Nabuco, a partir da leitura do livro Balmaceda, su gobierno y la revolución de 1891, de Julio Bañados Espinosa, discorre sobre o mandato do presidente chileno José Manuel Balmaceda, que se suicidou após a derrota na sangrenta guerra civil de 1891. Em uma série de artigos publicados no Jornal do Commercio do Rio de Janeiro, Nabuco concluiu que o drama chileno estava cheio de lições para o Brasil. É surpreendente a semelhança entre a morte do chileno e a de Vargas.

Editora Cosac Naify (11) 3218-1444

Republicar