guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

jarras redondas

O volume das jarras redondas

universidade de tel-avivJarra de Tel Meggido: um hekat, medida dos antigos egípcios, equivaleria a 4,8 litrosuniversidade de tel-aviv

Os antigos egípcios provavelmente sabiam medir com exatidão, e não de forma apenas aproximada como sempre se pensou, o volume contido em jarras arredondadas usadas na armazenagem e transporte de óleo, vinho, cerveja e outros mantimentos – e esse conhecimento foi adotado por outros povos do Oriente Médio que se dedicaram ao comércio desses produtos entre 1500 
e 700 a.C.. A conclusão é de um estudo feito por uma equipe de geógrafos e matemáticos da Universidade de Tel-Aviv, que analisaram as medidas de centenas de ânforas do sítio arqueológico de Tel Meggido, cidade-Estado cananita situada numa parte do atual norte de Israel, e construíram modelos
 em três dimensões dos recipientes (Plos One, 4 de junho de 2012). Os pesquisadores perceberam que muitas das jarras apresentavam circunferências similares e chegaram numa fórmula do que acreditam ser uma unidade de volume criada pelos antigos habitantes do Nilo e posteriormente disseminada na região pelos assírios: o hekat, equivalente a modernos 4,8 litros. Uma ânfora com 52 centímetros de circunferência, um tamanho bastante comum, tem exatamente meio hekat.

Republish