Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

IMUNIZAÇÃO

Queda em adoecimento e hospitalizações

Israelense recebe vacina contra Covid-19

Amir Levy / Getty Images

Israel já experimenta os efeitos da vacinação contra Covid-19. Segundo dados do Ministério da Saúde daquele país, entre meados de janeiro e o início de fevereiro, houve uma queda de 41% no número de casos confirmados da doença e de 31% no índice de hospitalizações de pessoas com 60 anos ou mais. Cerca de 90% da população nessa faixa etária já recebeu a primeira das duas doses do imunizante da farmacêutica norte-americana Pfizer. Entre os indivíduos com 59 anos ou menos – dos quais pouco mais de 30% foram imunizados –, o recuo foi de 12% no total de casos confirmados e de 5% no de hospitalizações no mesmo período.“O que estamos vendo são sinais iniciais muito encorajadores de que a vacina está funcionando”, disse à revista Nature Florian Krammer, virologista da Escola de Medicina Icahn no Monte Sinai, em Nova York, Estados Unidos. Estima-se, porém, que o sucesso israelense se deva também a outros fatores. Em 8 de janeiro, o governo impôs novo lockdown em resposta ao agravamento da epidemia no país, o que, segundo os especialistas, pode ter ajudado a impulsionar os efeitos da vacinação.

Republicar