guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Astronomia

Saturno tem mais luas do que Júpiter

Visto pela sonda Voyager 2, o planeta Saturno e as luas Tétis, Dione, Rea e Mimas, quatro de seus 82 satélites

JPL/Nasa

O astrônomo norte-americano Scott Sheppard é um notório descobridor de luas, cometas e outros pequenos corpos do Sistema Solar. Ele já havia encontrado satélites ao redor de Júpiter, Saturno, Urano e Netuno, além de ter descrito, com o astrônomo Chadwick Trujillo, um dos objetos mais distantes a orbitar o Sol: o 2012 VP, um candidato a planeta-anão. Em um encontro da União Astronômica Internacional realizado em outubro deste ano, Sheppard e sua equipe na Instituição para Ciência Carnegie, em Washington, capital dos Estados Unidos, anunciaram a descoberta de 20 novas luas ao redor de Saturno, o sexto planeta a partir do Sol. Famoso por seus anéis, Saturno tem massa 95 vezes maior que a da Terra e é o segundo maior astro a girar em torno do Sol. As novas luas elevaram para 82 o total de satélites do planeta. Saturno agora tem mais luas do que Júpiter, que é maior e tem 79 satélites. As novas luas têm, em média, 5 quilômetros de diâmetro e levam de dois a três anos terrestres para completar uma órbita ao redor de Saturno. Três acompanham o sentido de rotação do planeta e 17 o circundam no sentido contrário. Vários dos novos satélites parecem resultar da colisão de luas maiores com cometas ou asteroides. “Estudar as órbitas dessas luas pode revelar como surgiram”, disse Sheppard em comunicado à imprensa. A Instituição Carnegie abriu um concurso para nomear as luas. Sugestões podem ser enviadas até 6 de dezembro pelo Twitter para @SaturnLunacy, com a hashtag #NameSaturnsMoons.

Republish