Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Ambiente

Uma usina para extrair CO2 do ar

Climeworks

Começou a funcionar em 8 de setembro na Islândia a maior usina destinada a retirar diretamente da atmosfera o gás carbônico (CO2), um dos gases associados ao aumento da temperatura do planeta e às mudanças climáticas. Projetada pela Climeworks, empresa suíça criada por Jan Wurzbacher e Christoph Gebald, dois ex-alunos de engenharia do Instituto de Tecnologia Federal da Suíça (ETH), em Zurique, a usina pode remover do ar 4 mil toneladas de CO2 por ano. Coletores captam o gás, que é depois concentrado, diluído em água e injetado no subsolo, originando minerais que ficam aprisionados em rochas. A capacidade de extração da planta, chamada de Projeto Orca, é pequena em relação à emissão global de CO2, estimada em 33 bilhões de toneladas por ano, mas indica a viabilidade da tecnologia. Críticos afirmam que essa forma de extração de CO2 é cara e consome muita energia. Cada tonelada de gás carbônico retirada do ar pela Orca custa até € 1 mil euros (Financial Times, 8 de setembro).

Republicar