Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Engenharia

Um jipe-robô chinês em Marte

Sem alarde, a Administração Espacial Nacional da China conseguiu pousar com sucesso seu primeiro rover em Marte. Batizado de Zhurong, o jipe-robô de 240 quilos aterrissou em 15 de maio na planície Utopia, região do hemisfério Norte que se supõe ter sido um mar ou lago no passado. O módulo, cujo nome faz menção ao deus do fogo na mitologia chinesa, integra a missão não tripulada Tianwen-1, lançada em julho de 2020. Desde fevereiro, a sonda que carregava o dispositivo se encontrava na órbita de Marte. Os cientistas chineses esperam que o robô, movido a energia solar e dotado de seis instrumentos científicos, funcione por pelo menos 90 dias. Seu objetivo é analisar as rochas e o solo do planeta em busca de vestígios de vida ancestral. O robô chinês pousou 86 dias depois do rover norte-americano Perseverance (ver Pesquisa FAPESP no 303). A China é a segunda nação do mundo a operar um robô no planeta.

Republicar