Imprimir PDF

Memória

O e-mail ficou balzaquiano

Cheio de qualidades e com alguns poucos defeitos, o e-mail ganhou o planeta e tornou-se indispensável ferramenta de trabalho do mundo moderno. A bem da verdade, ele só começou a ser realmente usado em massa a partir de 1995, quando a Internet passou a ser vista como algo útil e fácil de ser utilizada por um grande número de pessoas.

Mas lá se vão 30 anos desde seu nascimento, no computador do engenheiro Ray Tomlinson, em 1971. Tomlinson trabalhava na BBN, uma empresa contratada em 1968 pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos para ajudar a construir a Arpanet, a precursora da Internet. Ele escreveu o primeiro programa de e-mail e o batizou de SNDMSG (send message, ou enviar mensagem, em inglês) e escolheu o sinal gráfico @ (arroba) para separar o nome do destinatário do lugar para onde vai a mensagem – na língua inglesa, @ significa at (em). “O símbolo era muito pouco usado e o achei perfeito para meu programa”,  contou Tomlinson em numerosas entrevistas. A primeira mensagem, enviada para o colega que trabalhava ao seu lado, foi uma seqüência de letras (qwertyuiop) ou de números (123456).

“Não lembro mais qual das duas mandei.” A segunda mensagem foi um aviso para os outros colegas da empresa ensinando a usar o programa. Trinta anos depois, a Electronic Messaging Association, baseada nos Estados Unidos, estima que o número de e-mails enviados em 2000 passou de 6 trilhões, alguns deles perigosos, portando vírus. Aos 63 anos, Tomlinson continua na BBN, comprada em 1997 pela GTE Internetworking, da qual é o principal engenheiro. Ele não ganhoudinheiro com sua invenção, mas não guarda ressentimento. “Na época, a noção de registro era contrastante com o espírito daquilo que viriaa ser a Internet”, disse. “Só muito tempo depois percebi que se tratava de algo realmente grande.”

Pequena história da comunicação eletrônica
1837
O norte-americano Samuel Morse exibe e testa o primeiro aparelho telegráfico com fios a uma distância de 500 metros. Em 1840, cria um alfabeto telegráfico e quatro anos depois envia a primeira mensagem à distância (64 quilômetros).

1876
O escocês Alexander Graham Bell, radicado nos Estados Unidos, inventa o telefone. A primeira frase dita foi para seu assistente, Tom Watson: “Watson, venha aqui, preciso de você”.

1887
O alemão Heinrich Rudolf  Hertz descobre as ondas eletromagnéticas,trabalho que permite o desenvolvimento do rádio, da televisão e do radar.

1893
O padre gaúcho Roberto Landell de Moura faz a primeira transmissão por meio de rádio no mundo, da Avenida Paulista para o Alto de Santana, na capital paulista.

1894
Um ano depois, o italiano Guglielmo Marconi transmite um sinal para um receptor a 7 metros de distância do emissor – fica com a fama de inventor do rádio.

1923
O russo naturalizado norte-americano Vladimir Zworykin inventa o iconoscópio, um precursor do tubo de imagem de TV. É o início da televisão eletrônica.

1957
Abalados com o sucesso do lançamento do satélite Sputnik 1, da União Soviética, os Estados Unidos fundam a Agência de Projetos Avançadosde Pesquisa (Arpa).

1969
Criada a rede Arpa (Arpanet), que conecta quatro laboratórios de universidades americanas. No auge da Guerra Fria, a idéia era construir uma grande rede de comunicação em que todos os pontos se equivalessem, sem um comando central.

1971
O engenheiro norte-americano Ray Tomlinson inventa o primeiro programa de e-mail na empresa BBN, em Cambridge.

1990
Tim Berners-Lee cria a linguagem World Wide Web (www) no Laboratório Europeu de Física de Partículas (Cern).

1996
A Microsoft, de Bill Gates, finalmente adere à web e lança no mercado o navegador Internet Explorer.

Republicar