TECNOCIÊNCIA

Print Friendly

Sutilezas de um bom nariz

ED. 188 | OUTUBRO 2011

 

Rémy, o rato-gourmet do desenho animado Ratatouille, tem um olfato fantástico. Um novo estudo indica que sua aptidão pode realmente fazer sentido. Pesquisadores da Universidade Harvard, Estados Unidos, identificaram 88 receptores do chamado órgão vomeronasal em ratos. Complementar ao olfato, o sistema vomeronasal exerce um papel importante no acasalamento ou no comportamento defensivo. Neurônios vomeronasais acionados por odores específicos de urina, lágrima e saliva de ratos já haviam sido descobertos. Agora um estudo mais amplo, provavelmente o maior já feito, lista receptores que podem ser ativados por odores agradáveis ou desagradáveis específicos (Nature, 21 de setembro). Há receptores ativados exclusivamente pelo cheiro de cobras e outros pelo de outros predadores, indicando a complexa maquinaria sensorial que regula o comportamento defensivo, social e sexual dos ratos. Muitos receptores sexuais são exclusivos de machos ou fêmeas. Apenas dois, por enquanto, são comuns aos dois sexos.


Matérias relacionadas

NEUROCIÊNCIA
Uso de cocaína na adolescência pode ser mais danoso ao cérebro
MONIQUE MENDONÇA
Experimento usa nanomaterial para levar medicamentos ao cérebro
PESQUISA BRASIL
Monitoramento de árvores, combustível espacial e óxido de grafeno