ESTRATÉGIAS

Print Friendly

Miudezas da viagem à Lua

ED. 229 | MARÇO 2015

 

Objetos guardados por Armstrong: a câmera pode valer US$ 1 milhão

Objetos guardados por Armstrong: a câmera pode valer US$ 1 milhão

Uma bolsa usada pelo astronauta norte-americano Neil Armstrong em sua histórica viagem à Lua, em julho de 1969, foi apresentada ao público no mês passado. O objeto foi encontrado em um armário pela viúva de Armstrong, Carol, após a morte dele em 2012. O conteúdo da sacola, que incluía uma câmera fotográfica, fios elétricos, correias e ferramentas, foi analisado por curadores do Smithsonian National Air and Space Museum em Washington, Estados Unidos. A conclusão dos especialistas é de que a bolsa acompanhou mesmo Armstrong no módulo lunar Eagle, que pousou na superfície lunar. Armstrong, que viajou com os astronautas Buzz Aldrin e Michael Collins a bordo da Apollo 11, foi o primeiro homem a pisar na Lua. Transcrições de uma conversa entre Armstrong e Collins na época ajudaram a confirmar a autenticidade do material: “Aquilo é apenas um monte de lixo que queremos levar de volta – peças do módulo lunar e miudezas”, disse Armstrong. Um consultor em assuntos espaciais ouvido pela rede de televisão CBS, Bill Harwood, afirmou que somente a câmera alcançaria US$ 1 milhão em leilões de relíquias históricas.


Matérias relacionadas

LUIS FERLA
Paulicéia 2.0 reúne dados sobre a transformação da cidade de São Paulo
CLAUDIA BAUZER MEDEIROS
Professora da Unicamp fala sobre a origem das humanidades digitais
PESQUISA BRASIL
Humanidades digitais, Paulicéia 2.0, blecautes e Kepler-186