NOTÍCIAS

Print Friendly

Goiás sediará encontro sobre integridade científica em novembro

Interessados podem submeter trabalhos ao 4º Brispe até o dia 2 de agosto

BRUNO DE PIERRO | Edição Online 18:47 17 de junho de 2016

 

A quarta edição do Brazilian Meeting on Research Integrity, Science and Publications (Brispe) será realizada na Universidade Federal de Goiás (UFG)

A quarta edição do evento será realizada na Universidade Federal de Goiás (UFG)

A quarta edição do Brazilian Meeting on Research Integrity, Science and Publications (Brispe) será realizada nos dias 17 e 18 de novembro na Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia. O encontro tratará do papel de professores, editoras científicas e agências de fomento na promoção de uma cultura de integridade em universidades e instituições de pesquisa. Pela primeira vez, o evento abrirá espaço para a apresentação de trabalhos orais ou em pôsteres, divididos em duas sessões: políticas de integridade científica e educação. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de agosto pelo site do evento.

“Percebemos que o volume de pesquisas e de programas de pós-graduação em integridade científica cresceu significativamente nos últimos anos. Um dos objetivos do Brispe é difundir esses trabalhos, como forma de impulsionar ainda mais essa área como campo de pesquisa”, diz Sonia Vasconcelos, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e organizadora do evento, que conta com o apoio de diversas instituições, entre elas a FAPESP, a Academia Brasileira de Ciências e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Outra novidade será um curso sobre os mecanismos de correção da literatura científica. “Muitas vezes os deslizes identificados em artigos são frutos de erros honestos, e não necessariamente produto de má-fé. As editoras estão atentas a isso e querem tornar mais transparente o processo de correção de erros”, explica Sonia, para quem a realização do Brispe em Goiás representa uma maneira de disseminar essas discussões no âmbito nacional.

“As três primeiras edições do encontro concentraram-se no eixo Sul-Sudeste”, diz. “Queremos expandir o Brispe para todo o país. Possivelmente, faremos uma edição no Nordeste em 2017.” Em 2014, a FAPESP sediou a terceira edição do Brispe, que teve como mote as práticas de instituições para promover a integridade e a conduta responsável em pesquisas (ver Pesquisa FAPESP nº 223).


Matérias relacionadas

IGEM
Brasileiros ganham medalhas em competição de bioengenharia
RITA BARRADAS BARATA
Capes faz avaliação dos cursos de pós-graduação brasileiros
PESQUISA BRASIL
Colisão estelar, pague pelo usufruto e pós-graduação brasileira