Imprimir PDF

Economia

O preço do combate à dor

Agora se tem uma idéia mais precisa de quanto custa para a sociedade o tratar um portador de artrite reumatóide, inflamação progressiva das articulações que provoca dor intensa e atinge 2 milhões de brasileiros. Gustavo Chermont, Rozana Ciconelli, Sérgio Kowalski e Marcos Bosi Ferraz, da Universidade Federal de São Paulo, contabilizaram os gastos de cem portadores de artrite atendidos no ambulatório de reumatologia da universidade, a grande maioria (80%) de baixa renda. Somadas as despesas com medicamentos, visitas aos médicos, exames laboratoriais, sessões de fisioterapia e transporte, cada pessoa consumiu em média em 1 ano US$ 400 ou R$ 700 – os remédios responderam por 60% dos gastos. É um valor baixo, comparado ao que se gasta nos Estados Unidos e na Inglaterra, mas elevado demais para o Brasil, onde os gastos anuais de saúde por cidadão são de US$ 255 (Clinical and Experimental Rheumatology).

Republicar