ESTRATÉGIAS

Print Friendly

Foguete para ir a Marte

ED. 223 | SETEMBRO 2014

 

Concepção artística do Space Launch System: voo-teste programado para 2018

Concepção artística do Space Launch System: voo-teste programado para 2018

A Nasa, agência espacial norte-americana, anunciou que deverá lançar até novembro de 2018 o foguete de exploração Space Launch System (SLS), talhado para viagens ao espaço profundo e precursor do lançador da primeira missão tripulada a Marte, programada para 2030. A agência concluiu a revisão técnica do projeto e assumiu o compromisso de completar o desenvolvimento de uma versão do foguete com capacidade para 70 toneladas, o que permitirá um voo-teste sem tripulação além da órbita da Terra. Já em uma configuração mais potente, o SLS conseguirá levar até 130 toneladas ao espaço, viabilizando o envio de quatro astronautas além da órbita da Lua. Depois disso, a meta é criar a missão para capturar um asteroide e colocá-lo na órbita da Lua para estudos, preparatória do voo a Marte. O anúncio é o primeiro movimento da Nasa para reativar as missões tripuladas ao espaço desde a aposentadoria dos ônibus espaciais, em 2011. Um ano antes, o Projeto Constellation, que buscava criar uma nova geração de naves espaciais, foi cancelado pelo governo dos Estados Unidos.“O programa está se tornando realidade”, comemorou William Gerstenmaier, administrador associado da Diretoria de Explorações Humanas da Nasa, segundo a agência de notícias AFP.


Matérias relacionadas

MARCO TÚLIO DE MELO
Especialista em distúrbios do sono conta como funciona a poltrona antissono
OBITUÁRIO
Pierre Kaufmann foi um dos precursores da radioastronomia no Brasil
CARREIRAS
Poli-USP pretende formar engenheiros com abordagens multidisciplinares