CARTAS

Print Friendly

Cartas | 252

ED. 252 | FEVEREIRO 2017

 

Ciência da cerveja
Ver uma revista do porte da Pesquisa FAPESP colocar na capa uma ode à cerveja (“Inovações cervejeiras”, edição 251) mostra que a ciência brasileira está totalmente desnorteada. Justamente por ser a bebida alcoólica mais popular do Brasil, é a que mais destrói lares pelo vício do alcoolismo, mais mata nas estradas e mais causa inúmeras internações no Sistema Único de Saúde (SUS) por cirrose hepática e suas complicações. A publicidade ao redor de cerveja e outras bebidas alcoólicas é inaceitável e mais ainda o é haver dinheiro público envolvido em projetos de “melhoramento” da bebida!

Dario Palhares
Brasília, DF

***

Foram bastante abrangentes na reportagem e ficou ótima! Um mergulho profundo no mundo cervejeiro.

Rodolfo Mazarin

***

Quando ciência e cerveja estão na mesma revista temos de adquirir.

Deivid Souza

***

Mutum-de-alagoas
O mutum-de-alagoas é a ave-símbolo do estado em que eu moro, mas infelizmente é pouco conhecida pela maioria do povo alagoano (“A gaiola que salva”, edição 251). Espero que um dia essa ave volte a povoar as florestas do Nordeste e que seja devidamente protegida.

Erivelto Souza

***

Megajournals
Excelente a reportagem “O duelo dos megajournals” (edição 250). Esse modelo de megaperiódicos tende a colapsar pela ganância do lucro excessivo. À medida que aceitam mais artigos, aumentam o lucro e pioram a qualidade. E bons cientistas não querem publicar em um periódico que não tem atrelado a ele um fator de qualidade… Ainda mais quando se tem de pagar US$ 1.500 de taxa de publicação. O que está acontecendo com a PLOS One deve acontecer em breve com a Scientific Reports.

Dario Zamboni

***

É só o começo. Espero pelo momento em que os lucros serão menos importantes do que os achados, e mesmo blogs, contendo material de qualidade com revisão por pares, tenham igual valor aos hoje onerosos open access.

Rubens do Monte

***

Correções
Na reportagem “Inovações cervejeiras” (edição 251), o nome completo e correto do Ministério da Agricultura é Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O mapa das páginas 77 e 78 da reportagem “Nas ondas da globalização” (edição 226) foi produzido originalmente por Mateus Sampaio, do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Sua opinião é bem-vinda. As mensagens poderão ser resumidas por motivo de espaço e clareza.


Matérias relacionadas

VALDIR GUIMARÃES
Colisão de estrelas de nêutrons libera elementos químicos
KELLY KOTLINSKI VERDADE
Programa incentiva participação de mulheres na área de exatas
RENATO LADA GUERREIRO
Como ocorreu a formação da região conhecida como Nhecolândia