NOTAS

Print Friendly

Austrália faz parceria com ESO

ED. 256 | JUNHO 2017

 

O governo da Austrália irá destinar US$ 19,2 milhões de seu orçamento do próximo ano para que sua comunidade de astrofísicos possa fazer pesquisa conjunta e ter acesso a alguns dos instrumentos do Observatório Europeu do Sul (ESO), consórcio formado por 16 países-membros – entre eles, o Brasil – que gerencia um conjunto de grandes telescópios em três localidades do Chile. A parceria também prevê que a Austrália fará, a partir de 2018, aportes anuais de US$ 9 milhões até 2028 para o ESO. Só então, o país tomará a decisão se vai se tornar um membro de fato do consórcio. No mês passado, o ESO inaugurou a pedra fundamental do Extremely Large Telescope (ELT). Com um espelho de 39 metros (m), o ELT será o maior telescópio óptico do mundo. Sua entrada em operação está prevista para 2024. O acesso às instalações do ESO, que também administra o maior radiotelescópio terrestre em operação, o Alma, era um anseio de astrofísicos australianos há algum tempo. No entanto, segundo nota divulgada pelo site do governo australiano, a parceria não contempla o acesso ao Alma e ao ELT. “A participação da Austrália em colaborações multinacionais, como a parceria com o ESO, impulsionará nossas capacidades científica e industrial”, disse ao site da Astronomy Australia Ltd. o astrofísico norte-americano Brian Schmidt, prêmio Nobel de Física em 2011 e vice-reitor da Universidade Nacional da Austrália. Além da nova parceria, a Austrália participa de outros dois grandes projetos internacionais: o Giant Magellan Telescope (GMT), supertelescópio óptico de 24,5 m em construção no Chile (ao qual os pesquisadores de São Paulo terão acesso), e o radiolescópio Ska, que começará a ser construído em 2018.


Matérias relacionadas

CARREIRAS
Saber coordenar grupos de pesquisa cria uma agenda de trabalho sustentável
ASTROFÍSICA
Comportamento do plasma explica ciclo magnético de estrelas semelhantes ao Sol
NICHOLAS SUNTZEFF
Astrofísico mede a distância de galáxias nos confins do Universo