CARTAS

Print Friendly

Cartas | 261

ED. 261 | NOVEMBRO 2017

 

Vídeos
Que delícia ouvir quem sabe muito e sabe também explicar (vídeo “A riqueza da língua falada”). Ataliba Castilho, um grande professor.

Ana Beatriz Demarchi Barel

**
A relação e a comparação da língua falada com a escrita é importantíssima na tradução de livros e quadrinhos. Existe um momento posterior à tradução direta que é adequá-la à linguagem oral dos personagens para não soar ao leitor como algo engessado, formal demais, artificial. Interessante notar também como a simplificação do sujeito na linguagem falada – excluindo o “s” do plural ou trocando “tu” por “você” e promovendo o uso do verbo que vem a seguir na mesma forma (no exemplo, o verbo “falar” para tudo) – se aproxima das línguas de origem saxônica, como o inglês, e se afasta das latinas. São línguas que já foram tidas como mais “pobres” ou “bárbaras” no passado. Bacana. Quero mais entrevistas com este senhor!

Rafael Papa

**
Sobre o vídeo “Floresta revigorada”. Como morador do Vale do Paraíba, vejo um desmatamento imenso e, no lugar de verdadeira floresta, o plantio de eucaliptos cada vez maior, tanto nas regiões da serra do Mar, serra da Mantiqueira como também na parte plaina. Verde não é sinônimo de preservação.

Paulo Amaral

**
Excelente vídeo. Parabéns ao pessoal do Nepam-Unicamp pelo trabalho. Espero ver mais iniciativas como essa pelo Brasil inteiro.

Lola Vita

**
Incrível o vídeo “Canto silencioso”. A evolução fazendo o seu papel. A ecologia do canto dos anuros é fascinante, e pesquisas como essas tornam ainda mais relevantes os resultados envolvendo esse comportamento.

Ricardo Santos Nagô

**
Muitos insetos têm o aparelho auditivo desenvolvido a partir de um sistema de vibrações do solo, e talvez anfíbios como esses do vídeo tenham desenvolvido algum outro aparato para “sentir” as vibrações do som que eles produzem. De qualquer modo, é uma sorte “ver” um processo evolutivo tão claro.

Fred Hills

**
A natureza e suas funcionalidades. É por isso que amo a biologia. Tudo tem uma explicação, cada bicho evolui e se adapta.

Maiara Elias

**
Maravilhoso o trabalho dessa galera que aparece no vídeo “Combate genético” sobre a cana transgênica. Tanto o trabalho da pesquisa quanto o de divulgação.

Kelton Moraes

**
Estrelas de nêutrons

Muito boa a reportagem “Detectada pela primeira vez, colisão de estrelas de nêutrons inaugura nova era na astronomia”. Parabéns a todos os cientistas envolvidos nessa descoberta.

Egidio Lessinger

***
Sua opinião é bem-vinda. As mensagens poderão ser resumidas por motivo de espaço e clareza. cartas@fapesp.br


Matérias relacionadas

PESQUISA BRASIL
Robótica de enxame, cinturão de asteroides, pele artificial e sangradores...
PRÊMIO SACKLER
Físico da Unesp recebe prêmio internacional
ASTRONOMIA
Pesquisadores comentam o flagra da colisão de estrelas de nêutrons