NOTAS

Print Friendly

Óleos naturais contra as larvas do Aedes aegypti

ED. 261 | NOVEMBRO 2017

 

Larvicida é feito com óleos de castanha-de-caju e de mamona

Feito com óleos de castanha-de-caju e de mamona, uma formulação biodegradável para eliminar as larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, zika e outras doenças, está em fase final de desenvolvimento. O produto é um surfactante, espécie de detergente feito com os óleos que diminui a tensão na superfície das células das larvas, levando-as à morte. “Experimentos mostram que 0,2 miligrama do produto por litro de água mata 100% das larvas”, afirma o farmacêutico Dênis Pires de Lima, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande, coordenador do grupo que criou o larvicida. Para terminar os testes laboratoriais do produto, Lima utilizou o prêmio de € 50 mil ganho pelo primeiro lugar no Desafio em Química Verde e Sustentável da Fundação Elsevier 2017, mantida pela editora holandesa de revistas científicas. O concurso reuniu 780 participantes. O uso do larvicida está em testes em bairros de Campo Grande.


Matérias relacionadas

DOSSIÊ
Tudo o que já publicamos sobre o Aedes aegypti
DOSSIÊ
Tudo o que já publicamos sobre o Aedes aegypti
RODNEY RODRIGUES
Filme odontológico feito à base de jambu deve ser usado como pré-anestésico